Monitoramento GPS: porque acompanhar sua equipe de vendas
Demander

Monitoramento GPS: porque acompanhar sua equipe de vendas

O monitoramento GPS da equipe não se trata de domínio ou desconfiança, refere-se a um acompanhamento que tem o objetivo de melhorar execução das etapas a serem concluídas até o cumprimento das metas.

celular mostrando posição de monitoramento

Cumprimento da jornada de trabalho

Este monitoramento pode ser usado por qualquer empresa, independente do porte ou do perfil.

O monitoramento GPS também serve como uma forma de garantir o bem-estar de cada trabalhador, evitando acidentes de trabalho e cuidado de sua plenitude física.

Benefícios do monitoramento

  • Acompanhamento em tempo real;
  • Registro de visitas;
  • Relatórios de rotas.

Se no seu negócio você trabalha com uma equipe que atua em campo, já deve ter se perguntado de que forma você pode acompanhar o desempenho e a produtividade da mesma.

Grande parte dos profissionais que atuam externamente sofrem diariamente com o trânsito, o que atinge diretamente na execução do seu trabalho. Principalmente em horário comercial é algo bem comum, que leva a influenciar em seu planejamento de atendimento.

Pontos positivos do monitoramento GPS

  • Exatidão da comunicação;
  • Segurança;
  • Controle de produtividade;
  • Aumento nas vendas.

O colaborador que está na rua pode enviar a sua geolocalização para o empregador em tempo real. Sendo assim uma garantia de mapeamento da produtividade e comportamento do realização dos seus trabalho durante sua jornada.

Trabalhando com o GPS, você terá informações de análise e eficiência da equipe externa e aumentará a confiabilidade da equipe e dos serviços prestados.

Legislação

Um cuidado importante é deixar claro para o funcionário da usabilidade de uma ferramenta de monitoramento. O colaborador externo deve estar em regime CLT, é ilegal o monitoramento de autônomos ou representantes sem o consentimento dos mesmos.

pessoa olhando as leis num livro

1. CLT

O monitoramento é somente para funcionário CLT. Neste regime é permitido pela Lei, porque o funcionário está ao dispor e de acordo com a empresa, dentro da jornada de trabalho que foi estipulada durante a contratação do mesmo.

2. “Aceito os termos de monitoramento”

O funcionário contratado deve estar ciente que será monitorado pelo aparelho eletrônico.

Na contratação ele deve assinar um contrato ou termo, com os detalhes e as regras impostas pela a empresa para a realização do seu serviço. Deve ser descrito de forma clara tudo o que acontece com o aparelho que o acompanha.

3. Rastreamento seletivo

Se você pensou em acompanhar e controlar apenas alguns dos colaboradores da sua equipe externa e dar “liberdade exclusiva” para outros funcionários externos, isso pode levar a problemas. Só é permitido quando a empresa estiver testando um sistema.

O ideal é deixar tudo acordado e registrado em um contrato assinado pelo colaborador, assim respeitando a legislação civil e trabalhista.

Monitoramento e metas:

Como saber se as metas de visitas estão sendo atingidas? Minha equipe está visitando de fato o cliente? O CRM como grande aliado.

peça de xadrez no meio de uma tabua de metas sendo atingida

  Tão importante quanto o próprio monitoramento GPS. Com o CRM é possível registrar o que ocorreu na visita realizada. Informações como grau de relacionamento e prospecção com cada cliente das carteiras dos vendedores. Um dos principais elementos para assertividade em marketing e vendas.   Fonte: Blog Demander

Leave your thought here

Blog Advertising

Assine nossa newsletter

Mantemos seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam esse serviço possível. Veja nossa Política de Privacidade para mais informações.