Análise SWOT: O que é? Como fazer?
Sem categoria

Análise SWOT: O que é? Como fazer?

Já ouviu falar em Análise SWOT? Está na hora de descobrir esse incrível recurso que vai mudar a sua visão sobre sua empresa e todo o mercado á sua volta.

Se você tem dificuldade em tomar decisões e planejar a estratégia da sua empresa, saiba que o primeiro passo é tirar as informações da sua cabeça e colocar, de forma inteligente e estruturada, no papel.

A Análise SWOT é uma importante ferramenta que pode auxiliar você e sua equipe a tomar decisões de maneira objetiva.

É um exercício que demanda atenção e honestidade. Olhar sua empresa despido de orgulhos ou modéstia e reconhecer os pontos fortes e fracos do projeto. 

Nesse artigo vamos te mostrar tudo o que você precisa fazer para desenvolver e aplicar a análise SWOT em sua empresa.

O que é Análise SWOT?

Análise SWOT é uma metodologia prática que visa mapear fatores internos e externos, positivos e negativos, de uma empresa, produto ou projeto. É essencial na tomada de decisões e planejamentos estratégicos de qualquer empresa.

Seu propósito é observar de maneira minuciosa antes de colocar em prática ou começar a desenvolver um novo projeto, não apenas o ambiente externo à empresa, mas também o ambiente interno.

A Análise SWOT também pode auxiliar a identificar problemas da empresa que ainda não haviam sido observados e possíveis oportunidades que possam se converter em soluções viáveis.

É recomendado aplicar a Análise SWOT antes da tomada decisões importantes como:

  • Abrir o capital da empresa
  • Mudar de fornecedor
  • Trocar de frota
  • Atualizar e treinar a equipe
  • Contratar novos colaboradores
  • Abrir uma filial
  • Trocar de software de gestão

O que significa SWOT?

SWOT é uma sigla em inglês para Strenghts, Weaknesses, Opportunities and Threats. A tradução para o português literalmente seria Forças, Fraquezas, Oportunidades e Ameaças, ou Análise FOFA. 

Como fazer Análise SWOT? 

Você pode fazer a Análise SWOT sozinho, junto a uma equipe com cada um preenchendo individualmente, ou em reunião com todos contribuindo e dialogando a respeito dos pontos.

Concordamos que nem sempre reuniões são possíveis devido ao tempo, mas se a análise for feita individualmente e depois compilada e discutidas as divergências durante uma reunião, já é possível diminuir bastante o tempo desprendido para a análise SWOT.

A imagem abaixo contém um exemplo de Matriz SWOT. 

Agora que vocês já foram apresentados, vamos discutir como preencher cada quadro e qual é sua importância.

Strenghts (Forças)

As Strengths, ou apenas forças no nosso idioma, são o campo onde se observa quais os pontos fortes da empresa. Nesta parte, você anotará as vantagens relevantes ao projeto da sua empresa, equipe, produto ou tecnologia, em relação aos concorrentes.

Exemplos de Forças:

  • Frota moderna e otimizada para economizar combustível
  • Equipe comercial experiente e consolidada
  • Ticket-médio elevado
  • Software de gestão robusto e fácil de usar, com recursos que aceleram a operação
  • Alta taxa de fidelização de clientes
  • Portfólio com produtos renomados

Weaknesses (Fraquezas)

As Weaknesses, são as fraquezas. Pontos a serem melhorados, ou que te colocam em desvantagem perante seus concorrentes.

Assim como nas Strengths, você precisa ser ainda mais sincero e reconhecer os pontos em que sua empresa, equipe, produto ou tecnologia deixam a desejar.

Exemplos de Fraquezas:

  • Frota antiga, com alto consumo de combustível e manutenção constante
  • Vendedores inexperientes, pois a retenção de funcionários é ruim
  • Software de gestão defasado, cujos problemas frequentes prejudicam a operação
  • Equipe estagnada, acomodada ou sobrecarregada

Opportunities (Oportunidades)

Opportunities, são as Oportunidades. Situações e momentos onde você ou sua equipe enxergaram que poderiam dar um passo maior, um novo investimento, produto, filial…

Até o momento analisamos os aspectos internos da empresa, no campo das Opportunities vamos olhar para fora, o que está acontecendo no país, na cidade e na área de atuação da empresa.

Exemplos de Oportunidades:

  • Vácuo de mercado após fechamento de um concorrente grande
  • Redução de alíquota de imposto sobre uma linha de produtos
  • Varejo na cidade X em expansão muito acelerada
  • Valorização da moeda favorecendo importações e aquecendo o mercado

Threats (Ameaças)

As Threats, em português Ameaças, representam tudo aquilo que pode frustrar seu projeto, e até mesmo levar sua empresa à falência. 

Neste campo é necessário não apenas preencher com honestidade, mas manter os pés no chão e ser realista com relação a seus concorrentes, e ao cenário ao qual está inserido.

Exemplos de Ameaças:

  • Concorrente muito grande e com poder de barganha superior
  • Aumento da alíquota de imposto sobre uma linha de produtos
  • Aumento do custo do capital de giro
  • Redução na disponibilidade de crédito para as empresas
  • Recessão econômica generalizada
  • Inflação exorbitante, inviabilizando ter produtos importados no portfólio
  • Instabilidade política afetando o valor das ações da empresa

Como aplicar a Análise SWOT?

Com a Matriz SWOT devidamente preenchida você terá acesso a todos os prós e contras relativos a sua empresa ou ao projeto que deseja implementar.

Com essas informações em mãos, é hora de se reunir com sua equipe, sócios ou acionistas, com muito mais segurança e objetividade para aprovar ou reprovar qualquer projeto.

O próximo passo para dar suporte uma estratégia consistente para sua empresa, é contratar e configurar um software de gestão que se adeque às necessidades mapeadas na Análise SWOT.

Modular e adaptável às questões mais minuciosas da sua estratégia, o Finances Web é tudo que falta para sua empresa decolar de vez.

Conheça o Finances Web da FH Online!